Apadrinhamento

Gerando recomeços através do amor.

O Apadrinhamento permitirá que você acompanhe a vida de uma criança em acolhimento institucional até seu retorno à família de origem ou a inserção em uma família substituta (adoção).

O padrinho afetivo é aquele que visita regularmente o seu afilhado e acompanha o seu desenvolvimento escolar e pessoal. Juntos, realizam atividades e passeios fora da instituição de acolhimento e passam fins de semana, feriados ou dias juntos. Apadrinhar permite que o jovem tenha uma convivência familiar e social saudável, com experiências gratificantes e afetuosas, o que fará toda a diferença em seu desenvolvimento social e emocional.

O objetivo é permitir às crianças e adolescentes que estão em acolhimento institucional o contato com outros referenciais de vida, além dos profissionais da instituição. Assim, elas passam a ter vínculo afetivo também com alguém em especial, possibilitando melhora da autoestima e garantindo-lhes o direito a convivência familiar e comunitária, em famílias que não são a de origem. O Padrinho/Madrinha deve estar ciente de que esta modalidade de acolhimento familiar não tem finalidade de guarda ou adoção.

Requisitos básicos para a participação

Para apadrinhar uma criança ou adolecente, é necessário que os interessados sejam maiores de 18 anos e tenham 10 anos a mais do que o menor apadrinhado.

Frentes de Trabalho do Projeto Amparo:

1. Pretendentes: são aqueles que têm o sonho de adotar, apadrinhar ou acolher.

2. Facilitadores: são aqueles que se dispoem a ajudar os pretendentes na concretização do sonhoda adoção, apadrinhamento e/ou acolhimento, provendo capacitação, informações, suporte profissional e acompanhamento.

3. Intercessores: oram continuamente pelo Projeto Amparo e pelo fim do abandono de crianças e adolescentes em abrigos e pelo seu acolhimento por famílias cristãs

Envolva-se!

Projeto Amparo | Envolva-se
É membro da Central? *
Desejo ser *