Não há fronteira capaz de resistir ao poder da fé.

As missões são o elo entre a igreja e o mundo ao seu redor.
Investir em missões é abraçar o legado de Cristo, é cumprir a grande comissão.

Um coração missionário não mede distâncias para realizar o ide.

Imitar o ministério de Jesus, pregar o evangelho e cumprir o seu mandamento. Este é o objetivo da Central Missionária que atua de maneira integrada de acordo com os diversos contextos nas culturas nativas. Com forte ênfase social, a atividade de missionários, que é reconhecidamente importante em regiões atingidas por conflitos calamidade, fome e pobreza.
“Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão se não há quem pregue? E como pregarão se não forem enviados? Assim como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam coisas boas” (Rm 10. 13-15).

Projetos Missionários da Central

Hoje a Central tem como foco cinco pólos missionários: Angola, Sertão, povos indígenas, DNA e missões urbanas. Cada um deles é coordenado por um pastor de rede responsável por enviar pessoas, aumentar o investimento na área de missões e ampliar os projetos existentes. Com esse modelo, o número de viagens aumenta, criam-se oportunidades para que mais pessoas participem e os missionários passam a ter objetivos específicos e pré-determinados em seus campos de atuação.

DNA Internacional

DNA Brasil

O DNA internacional é uma extensão do DNA Brasil para as Américas, a África e Europa, levando a visão celular para um continente onde a igreja precisa recuperar seu espaço e relevância.
Saiba mais

DNA Brasil

DNA Brasil

O DNA é um programa que a Central desenvolve e investe para auxiliar outras igrejas a crescerem e avançar o Reino de Deus através da visão celular.
Saiba mais

Sertão

Sertão

Do interior da Bahia ao Piauí, veja o que temos feito no Sertão levando o evangelho e uma vida melhor para milhares de pessoas.
Em breve

Angola

Angola

É uma alegria levar alegria, dignidade e esperança de uma vida eterna para a África. Conheça o trabalho dos nossos missionários no continente africano.
Em breve

Povos Indígenas

Povos Indígenas

Acompanhe nosso trabalho com povos indígenas e veja que não existe diferença cultural capaz de impedir a ação do amor de Cristo.
Em breve

Missões Urbanas

Missões Urbanas

Os locais de trabalho, escolas e faculdades também são campos missionários relevantes. Confira o que temos feito em Belo Horizonte e região.
Saiba mais

Nossos Missionários

No Brasil

Roberto VerçosaPicos
Roberto é missionário em tempo integral e líder de célula da Central Picos, no sertão do Piauí. Em 2018, já atuando na missão da Central em Anagé, Bahia, recebeu a direção de ir para o interior do Piauí. Desde então, já são mais de 10 meses de missão pelo sertão nordestino, período quem vem sendo um divisor de águas na vida de todas naquele local assim como na sua caminhada ministerial.
Curt e Marta KirschAldeia de Budu-U
Curt e Marta Kirsch se formaram no Seminário Bíblico Palavra da Vida em Atibaia/SP no curso de licenciatura em Missões e fizeram o Curso linguístico e antropológico oferecido pela Associação Wycliffe em Brasília. São missionários da Missão Evangélica da Amazônia desde 1980, membros da Igreja Batista Fonte, em Campinas – SP. Residiram durante 10 anos entre os yanomami na aldeia em Palimi-U, a 263 km de Boa Vista, pregando a Palavra Deus e auxiliando na saúde e educação do povo. Hoje residem em Boa Vista. Marta trabalha na secretaria da Missão e Curt faz viagens regulares às aldeias abrindo novas frentes de trabalho. Atualmente dá assistência à aldeia de Budu-U nas áreas de infraestrutura e pregação do evangelho.
Paulo BottrelBelo Horizonte
Sentindo um chamado de Deus para levar o evangelho aos povos indígenas brasileiros, abandonei meu Curso de Engenharia Civil na UFMG e fui ao Seminário Bíblico Palavra da Vida, em Atibaia, SP, onde fiz o Curso de Bacharel em Teologia com ênfase em Missões. Foi ali, também, que conheci minha esposa Flávia. Já formado e casado, passei dois anos na Central, participando do colegiado de pastores, a fim de fortalecer ainda mais os vínculos com a igreja local. O último ano de preparo foi com a Missão AMEM, em Brasília, onde fizemos o Curso de Linguística e Missiologia, e no Tocantins, onde fizemos o Curso de Sobrevivência na Selva. Depois desses oito anos de preparo, fomos enviados a Rondônia, com o objetivo de alcançar o Povo Karitiana e traduzir a Palavra de Deus para a sua língua. Por causa de sérios problemas de saúde da Flávia, acabamos retornando para Belo Horizonte, onde atuamos com meninos e meninas de rua, durante um ano. Em seguida, fomos enviados para Brasília, onde trabalhamos por 12 anos com o Banco de Dados do Departamento de Assuntos Indígenas da AMTB e na Missão AMEM, preparando mais de 400 missionários transculturais. Em 2005, retornamos a Belo Horizonte, para ajudarmos a Central a ampliar a sua visão missionária. Desde então, temos sonhado, orado e trabalhado para ver centenas de membros da igreja sendo enviados a cidades e povos ainda não alcançados pelo evangelho.
Flávia BottrelBelo Horizonte
Sou Flávia Westin Bottrel. Nasci em São João da Boa Vista, SP. Filha de Athos e Jovita. Tenho três irmãos: Benedito Carlos, D'Artagnan e Damaris. Sou casada com Paulo Bottrel há 31 anos. Somos pais da Melissa. Sou missionária da Igreja Batista Central de Belo Horizonte, associada à WEC (Missão AMEM). Hoje, trabalho coordenando o Projeto CIM Minas, que tem como objetivo apoiar missionários e igrejas no que diz respeito ao cuidado integral do missionário.
Inar BrandãoPicos
Profundamente apaixonado por Jesus e sua igreja, o pastor Inar Brandão converteu-se a Cristo após uma forte experiência de libertação do vício em drogas. Movido por gratidão, é líder e anfitrião de célula, e pastoreia, junto com sua esposa, um grande número de células na Central Luxemburgo, a Rede Ágape. Desde 2018, coordena o trabalho de plantação de uma nova unidade da igreja na cidade de Picos (PI), junto com uma equipe de missionários de tempo integral. Advogado e teólogo, atua nas áreas de treinamento de igrejas e líderes, e de plantação de igrejas. Casado com Thaís, eles tem 3 filhos: Ian, Laura e Helena. Juntos, tem o chamado de amar a Deus, amar as pessoas e cuidar muito bem delas.
Wagner CarvalhoBelo Horizonte
Coordenação do DNA , Programa de Apoio e Revitalização de Igrejas desenvolvido em todo o Mundo através da Implantação do Modelo Celular. Me converti aos 46 anos através de reuniões nos lares. Pela primeira vez na vida li a Bíblia , e é impossível fazer isto e não se apaixonar por Jesus e pelo Reino de Deus. Compreendi o significado da Grande Comissão e entendi que ela é dirigida a todos os Cristãos e a mim também.Iniciei uma célula na minha casa , depois me tornei um Supervisor e um Coordenador na Central. Em 2012 deixei de lado o trabalho secular e vim me dedicar como Pastor integralmente a obra de Despertar , Nutrir e Apoiar Igrejas em todo o mundo através do DNA.
Mariele AmorimAnagé
Missionária integral da igreja batista central, atuando em Anagé (BA) por 3 anos, com apoio de novas frentes de trabalho, células, implantação de igreja através modelo celular, atuou com projeto gol feminino e apoio DNA. Hoje atua Picos Piauí.
Stefany Ferreira Silva FirminoAnagé
Stefany Ferreira Silva Firmino (22), nascida e criada na cidade de Almenara (MG), técnica em agropecuária e estudante de administração. Recebeu o chamado de Deus em sua infância sobre ser missionária. Porém entregou a sua vida a Jesus na sua adolescência. Hoje, junto com Jairo, lidera a Igreja em Anagé e é responsável do Vox, movimento de jovens e adolescentes da Central.
Jairo FirminoAnagé
Jairo Firmino, nascido e criado na cidade de Petrópolis (RJ), graduado em Marketing, técnico em Turismo e Hotelaria e estudante de Teologia (formo este ano). Trabalhou durante três anos na secretaria da Central da Criança e da Rede Zoe da Igreja Batista Central. Em outubro de 2016 fui enviado para Anagé como missionário. Através do programa DNA, conheci minha esposa Stefany Ferreira Silva e nos casamos em novembro de 2017. Atualmente sou pai de dois filhos Davi Lucas e Gabriel Lucas. Em dezembro do ano de 2017 fui levantado como pastor responsável pela a unidade da Central Anagé.
Pr. Júlio FlávioProjeto Cidade Refúgio
O Pr. Júlio Flávio é natural de Campo Belo (MG). É casado com Martha, pai de Talitha e Eliézer e avô de Raul e Pedro Antônio. Estudou Teologia no Seminário Teológico Evangélico do Brasil, em Belo Horizonte. Iniciou seu ministério em 1990, tendo sido pastor de igreja local em Campo Belo, Sete Lagoas, Itaúna e Belo Horizonte. Em 1998, começou um trabalho direcionado à população de rua e, desde então, dedica-se a este público. Em 2008, fundou a Associação Projeto Cidade Refúgio que, além de recuperar pessoas em situação de rua - com ou sem dependência química, também oferece capacitação nas áreas de edificações, apicultura, agronegócio e gastronomia.
Alexandre e Lilian GomesRio de Janeiro
Alexandre e Lilian Gomes se casaram em 2016, ela com 17 anos e ele com 24, e desde então têm dedicado suas vidas integralmente ao trabalho missionário. Se formaram em psicologia (Alexandre) e Serviço Social (Lilian) e atuam há 13 anos na Missão Vida, instituição que há 36 anos acolhe, recupera e reintegra homens em situação de rua (mendigos) em todo o país. Nesta Missão o casal já trabalhou no estado de Goiás e implantaram unidades da instituição em Minas Gerais e no Amazonas. Atualmente foram encaminhados para o Rio de Janeiro, na cidade de Duque de Caxias, para conclusão da implantação deste núcleo. Somos missionários apoiados pela Central desde o início do nosso ministério e a partir de janeiro deste ano temos o privilégio de sermos membros desta igreja tão viva e cativante.
Leandro e Vanessa BritoPará
Piloto missionário na missão Asas de Socorro. Superintendente de operações e membro da diretoria da organização. Atua também como piloto em tribos do Pará, Mato Grosso e Tocantins, além de instruir novos pilotos.
Davidson e Luciane EstanisláoBelo Horizonte
Eu sou Davidson, mineiro e frequente na IBC desde os 3 anos de idade. Minha esposa Luciane é natural de João Pessoa, da Igreja Missionária Evangélica Betel Brasileiro. Ingressamos na JOCUM como missionários em tempo integral no ano de 1993, ela em Recife e eu em BH. Nos casamos em 1996 e temos dois filhos maravilhosos: Samuel de 15 e marina de 12 anos. Juntos nós lideramos o ministério com surdos da JOCUM – Jovens Com Uma Missão, Belo Horizonte. Eu tinha apenas 17 anos quando em 1989, através de um evento em minha casa com meu irmão surdo, Deus me comissionou para ser bênção para a comunidade surda. Desde então minha vida tem sido dedicada a pensar e atuar no desenvolvimento de ações em favor deste povo que ouve com os olhos e fala com as mãos. Com nosso casamento em 96, com a soma dos dons da Lú e os meus Deus nos levou a canalizar nossos esforços no atendimento de crianças e adolescentes surdos carentes e suas famílias, ministério o qual dedicamos mais de 15 anos de nossas vidas. Período de muito aprendizado, muitos desafios, muitas bênçãos sobre as famílias dos pequenos surdos e Palavra sendo semeada em todo o tempo. Atualmente estamos vivendo este ministério que Deus compartilhou conosco de um modo ainda mais empolgante. Após mais de 25 anos acumulando uma bagagem imensurável Luciane e eu estamos concluindo nossa 1ª graduação, Letras Libras pela UFSC que é referência nesta área. Meu coração e mente nunca esteve tão bem orientado como neste momento. Especialmente neste tempo tão favorável aos surdos no brasil, nós estamos muito empolgados.
Adriana SilvaPitangui
Sou pernambucana e desde criança tinha vontade de fazer algo diferente e pra Deus. Em 95, sai de PE e fui fazer ETED na JOCUM em BH, Floresta. Como já sabia do meu chamado missionário, permaneci na Missão e fui recebendo o treinamento a medida que percebia a necessidade. Como já trabalhava com crianças e adolescentes na igreja, e gostava disso, segui com o ministério de Kong’s Kids. Nesse tempo conheci a Central e Deus falou ao meu coração que ali seria a igreja para eu congregar e crescer com Ele. Em 99, fomos iniciar uma base de JOCUM em Pitangui, onde estou atualmente. Em Pitangui, desenvolvo um trabalho com os alunos de escolas públicas; no asilo e na APAE. E na nossa comunidade, Brumado, com crianças, jovens e mulheres. Também sirvo a outras Missões dentro e fora do Brasil. Tem sido um privilégio cumprir o chamado do Senhor como missionária, e tenho muita gratidão no meu coração, por ter a IBC comigo, em todos os lugares por onde vou.

No Mundo

Breno e Sabrina VieitasMálaga
Missionários, membros da Igreja Batista Central de Belo Horizonte, atuam no Centro de Missões Urbanas CEMU como mobilizadores do Grupo Povos e Línguas. Atualmente vivem em Málaga na Espanha juntamente seus filhos João e Clara. Produtores de documentários de cunho humanitário, amantes do cinema e comunicação social. Se dedicam ao treinamento de novos missionários pela agência CEMU, criação de network para implantação de novas igrejas no sertão brasileiro, Europa, Oriente Médio, Ásia e África. Também são captadores de recursos e criadores de franquias de negócios missionários com visão de auto sustentabilidade.
Flávia e Anderson CostaAngola
Somos Anderson, Flávia, Sofia e Catarina, desde 2013 vivemos em Lubango, Sul de Angola e juntos servimos ao Senhor nas Igrejas Batista Central do Lubango e no Programa Criança Feliz, que desenvolve aqui vários projetos de desenvolvimento comunitário para crianças e famílias em situação de risco e vulnerabilidade.

Quero ser um missionário

Contribua com missões

Iniciativas apoiadas pela Central

Uma alma ganha na Central tem o mesmo valor e importância que uma alma ganha em qualquer outro lugar do mundo. Por isso apoiamos vários projetos missionários voltados para os mais diferentes públicos que atuam no Brasil e em outros países. Acreditamos na unidade da igreja, afinal, temos um único objetivo: honrar o nome de Jesus e cumprir o ide até que Ele volte.

A Missão em Apoio à Igreja Sofredora (MAIS), é uma organização missionária que atua de forma direta e estratégica em países onde há perseguição religiosa.

Além de acolhimento a cristãos refugiados aqui no Brasil e ao redor do mundo, a MAIS também tem desenvolvido projetos de microcrédito e treinamentos, buscando sempre ações que possam fortalecer a Igreja em lugares onde exista perseguição religiosa. A operação da MAIS acontece a partir do apoio e treinamento da igreja local, de forma que ela seja agente de transformação da sociedade na qual está inserida. O nosso desejo é conectar a igreja aqui no Brasil com essa realidade de forma que ela possa pensar, viver e respirar essa verdade que é de viver perseguido pela fé.

O Grupo Povos e Línguas atua como um movimento interdenominacional com a missão de mobilizar pastores brasileiros para o envio de missionários a partir da igreja local.

Para isso, utiliza diferentes plataformas de comunicação e uma rede de parcerias entre igrejas, agências missionárias, líderes, empresários e profissionais liberais. Com o objetivo de apoiar igrejas e todos os que desejam obedecer ao IDE, atuamos de acordo com conselhos de referência interdenominacional que discutem e buscam melhores estratégias para o envio de missionários e plantação de igrejas.

Desde 1966 no Brasil, o ChildFund Brasil é uma organização de desenvolvimento social que por meio de uma sólida experiência na elaboração

e no monitoramento de programas e projetos sociais mobiliza pessoas para a transformação de vidas. Crianças, adolescentes, jovens, famílias e comunidades em situação de risco social são apoiadas para que possam exercer com plenitude o direito à cidadania.

É um projeto sociohumanitário que mobiliza e reúne voluntários de todo o país em prol de comunidades desassistidas, com alto índice de vulnerabilidade

social no sertão, com o apoio de instituições parceiras que acreditam na causa e no propósito do projeto. Que tem como objetivo Inspirar e mobilizar pessoas para missões que cooperam com a melhoria das comunidades sertanejas e sua transformação.

Ligada à Convenção Batista Brasileira. Desde a sua criação, em junho de 1907, Missões Nacionais, sociedade civil de caráter religioso sem fins lucrativos, tem levado dignidade

a inúmeras vidas por meio do desenvolvimento de projetos sociais. Tendo Jesus Cristo como exemplo e atenta à dinâmica das necessidades da população brasileira, a organização mantém mais de 400 projetos com 773 missionários que realizam ações evangelísticas e humanitárias, plantam igrejas e transformam vidas por todo território do Brasil. Tem a missão de multiplicar discípulos e esta é sua razão de existir. Independentemente do nível hierárquico, todas as pessoas que formam a equipe devem saber o significado e a importância do seu trabalho para o cumprimento deste objetivo.

É uma organização missionária da Convenção Batista Brasileira, presente em cerca de 81 países com 2.056 missionários, segundo relatório anual 2018.

Fundada em 1907, sua atuação consiste na expansão do trabalho missionário além das fronteiras do Brasil, no despertamento e preparo de vocacionados para missões, dentre muitas outras ações que contribuem para a proclamação do Evangelho no mundo. Nosso objetivo é levar o amor de Deus aos povos através de ações pensadas de acordo as necessidades de cada país.

Em 1964, durante uma viagem ao Líbano, Dr. Haggai percebeu que as várias mudanças ocorridas na geopolítica global, devido ao declínio do colonialismo, exigiam agora novas estratégias para a evangelização mundial.

A necessidade de mobilizar nacionais para alcançar seu próprio povo se tornou bem evidente. Depois de muita pesquisa, oração e desenvolvimento, ele fundou o Instituto Haggai.

A AMTB se propõe por meio de suas agências missionárias filiadas, e igrejas parceiras, a ser relevante em resposta aos desafios atuais. Nossas agências unem ação à proclamação,

trabalhando a serviço das igrejas enviadoras, que escolhem usar agências como um braço a seu serviço.

Jesus disse que “o evangelho do Reino será pregado por todo o mundo, para testemunho a todas as nações e então virá o fim.” (Mt 24.14) . Nós da WEC Brasil ansiamos pela volta do Senhor Jesus.

Por isso estamos empenhados em trabalhar para que todos os grupos étnicos O conheçam como Salvador. Que o seu coração seja desafiado e aquecido a fazer alguma coisa por aqueles que nada ouviram.

A Missão Vida, primeiro Centro de Recuperação de Mendigos do Brasil, foi fundada em 1983, por Wildo Gomes dos Anjos.

O projeto é fruto da amizade entre um morador de rua e um jovem de 13 anos, que tocado pela realidade vivida pelo amigo, decidiu ajudar todos aqueles que se encontram sob as mesmas condições. Foi então, que Wildo organizou um trabalho de evangelismo e distribuição de sopa para os mendigos da cidade. No entanto, a atitude não satisfez nenhuma das partes. “É muito fácil falar do amor de Deus, se ao sair daqui, você vai para sua casa, dormir na sua cama quentinha”, este comentário, feito por uma das pessoas ajudadas pelo jovem, o encorajou a lutar por outras melhorias.

A Missão Evangélica da Amazônia – MEVA – é uma entidade missionária interdenominacional, especializada em trabalho indígena, que visa estabelecer igrejas indígenas autóctones que se auto multipliquem.

Em 1974, convictos de que essa era a vontade de Deus para as suas vidas, Neill e Mary Hawkins deram um novo passo. Foram para Atibaia (SP), onde serviram como professores de missões no Instituto Bíblico Palavra da Vida. Inflamados por um sentimento de amor facilmente percebido na vida dos Hawkins para com os indígenas do norte do Brasil, vários alunos vieram e outros continuam chegando para dar continuidade ao que eles começaram.

Comunidade Terapêutica Leão da Tribo de Juda

Com mais de 8 anos de experiência no acolhimento e tratamento gratuito para dependentes químicos, a Comunidade Terapêutica Leão da Tribo de Judá, sabe que o melhor tratamento é a prevenção.

Conhecendo as situações de várias famílias atendidas ao longo destes anos, sabemos das dificuldades e necessidades das famílias sobre o tema dependência química.
O nosso objetivo é apoiar e reduzir a dor das famílias e propriamente do dependente que sofre pela a presença das drogas na destruição de suas vidas.

Casa de Apoio Criança de Contagem

Fundada em 20 de julho de 1994, a instituição é uma sociedade civil sem fins lucrativos e de caráter filantrópico que atua nas áreas de educação, saúde, desenvolvimento social e protagonismo juvenil.

Atualmente, a instituição possui as seguintes unidades: Unidade Eldorado (Rua das Paineiras, 1448, bairro Eldorado), Centro Educacional e Profissionalizante de Nova Contagem (Rua VL 6, 1880, Nova Contagem) e Centro Educacional Ipê Amarelo (Rua Jequitibás, 65, Ipê Amarelo), Alho da Casa ( Rua Coqueiros,218 Ipê Amarelo), Pão da Casa ( Rua VL Seis, 1880 Nova Contagem) e Espaço Social Lacy Mesquita ( Rua dos Coqueiros, 218 Ipê Amarelo) , todas no município de Contagem.

Cidade Refúgio

A cidade refúgio é uma escola de empreendedorismo social para pessoas em situação de rua. desde 2008, nos dedicamos a acolher, tratar e reinserir na sociedade pessoas entre 18 e 55 anos que vivem em situação de rua, com ou sem vício em álcool

e/ou outras drogas. Nossa missão é promover a restauração de pessoas com trajetória de rua ou que estejam vivendo em situação de extrema vulnerabilidade, devolvendo-lhes a dignidade, o amor próprio, a autoestima e a possibilidade de uma nova vida através de sua restauração física, emocional, social, mental, familiar e profissional.

Projetos Sociais

Central na Vila

Programa de ação social e evangelismo que tem como objetivo principal viver o amor de Cristo transformando o mundo através de projetos que proporcionem desenvolvimento social, espiritual e interpessoal do indivíduo.

Criança Feliz Angola

O Programa Criança Feliz Angola é um ministério da Central que tem como objetivo intervir e transformar a realidade de vulnerabilidade social de crianças e famílias que vivem abaixo da linha de pobreza.

Grupo de Apoio Mutuo

Acreditar em Jesus é acreditar na esperança de uma nova vida, por existe o nosso Grupo de Apoio Mutúo que tem como objetivo ajudar pessoas que se perderam em meio aos diversos tipos de

vicíos e compulsões a reencontrarem um caminho de amor e dignidade através do amor de Deus.

Ponte Social Anagé

Imagine centenas de crianças na cidade de Anagé, sertão baiano, experimentando uma condição de vida melhor e, ao mesmo tempo, aprendendo mais da Palavra de Deus.

Essa é a missão da Ponte Social Anagé, um projeto da Igreja Batista Central de Belo Horizonte realizado em parceria com a ChildFund Brasil que tem como objetivo promover o desenvolvimento pessoal e social de crianças em situação de risco por meio de alternativas sociais.

Apadrinhamento Escolar Haiti

Deus tem nos direcionado a abençoar pessoas no Haiti. Com o valor de R$175,00 por ano podemos transformar a vida de uma criança dando a ela formação cristã e financiando sua educação.

Temos a mais absoluta certeza de que, combinando o acesso à educação ao evangelho de Jesus, contribuiremos para transformar muitas vidas e até mesmo a história daquele país.

Central de Ajuda Social

Como igreja, acreditamos que uma das nossas funções é ajudar nossos irmãos e a comunidade em suas necessidades. Por isso criamos a Central de Ajuda

Social, que administra pedidos e busca conectar pessoas que precisam de recursos com outras dispostas a doá-los.

Fechar Menu