Série - outubro 30, 2020Série Viaje Leve

Livre-se do seu passado • 12 a 17 de agosto

Série - outubro 30, 2020

Livre-se do seu passado • 12 a 17 de agosto

A vida de cada um de nós é como uma longa jornada. Precisamos ficar ligados para saber o que não levar na bagagem. Serão estudos incríveis nas células e nos cultos e, ao final, cada um vai aprender o que fazer para viajar leve.

Atenção líder ou líder em treinamento: essa série de estudos tem como objetivo dar oportunidade para as pessoas da sua célula compartilhar acerca das bagagens que elas carregam. As lições NÃO DEVEM ser dadas em forma de pregação, mas o seu papel é atuar como um facilitador. Repare que o estudo está repleto de perguntas. Utilize essas perguntas em abundância, deixe as pessoas refletirem sobre o texto bíblico e cheguem juntos às conclusões. Ao abrir espaço para todos falarem, vão emergir assuntos da intimidade de cada um. A partir disso, desafiem uns aos outros a abandonarem as bagagens e orem uns pelos outros.

QUEBRA-GELO

Peça para alguém se oferecer como voluntário. Entregue para essa pessoa uma mala ou mochila bem pesada (coloque alguns livros ou outros objetos dentro). Peça ao voluntário para ficar de pé carregando a bagagem, enquanto vocês conversam sobre as perguntas abaixo:

  • Alguém tem alguma história inusitada, trágica ou cômica a respeito de uma viagem carregando muitas malas?
  • Quando sua família se prepara para viajar, o que não pode faltar na bagagem?

Depois de alguns minutos em que os presentes conversaram sobre as perguntas acima, diga ao voluntário que ele pode colocar a mala pesada no chão. Peça para essa pessoa contar como foi a experiência de carregar durante alguns minutos todo esse peso.

QUEM É PEDRO?

Pergunte: Quem já ouviu falar no apóstolo Pedro? Quais foram algumas situações marcantes e conhecidas sobre a vida de Pedro? Vejam se conseguem juntos recordar alguns relatos bíblicos sobre ele.

Pedro era pescador de peixe. Jesus apareceu em sua vida e o chamou para se tornar pescador de homens. Pedro se tornou discípulo de Jesus, largou tudo para o seguir. Viveu experiências incríveis ao lado dele. Jesus mudou seu nome de Simão para Cefas (que quer dizer Pedro). Ele se tornou um dos melhores amigos de Jesus.

Depois que Jesus entrou na vida de Pedro, muita coisa mudou. Principalmente o nome (fala um pouco sobre sua identidade) e o propósito de Pedro mudaram.

Pergunte: Olhando para a sua vida, Jesus de fato faz parte dela? O que mudou desde que Jesus começou a andar com você?

O apostolo Pedro foi alguém que entendeu muito bem de pecado, de erro, mas também aprendeu muito bem sobre essa questão de se livrar dos erros do passado. Vamos ler Lucas 22.60-62:

Pedro respondeu: “Homem, não sei do que você está falando! ” Falava ele ainda, quando o galo cantou. O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe tinha dito: “Antes que o galo cante hoje, você me negará três vezes”. Saindo dali, chorou amargamente.

Depois de tudo o que Jesus havia feito por ele, Pedro negou a Cristo três vezes. Tentem imaginar o que se passou no interior de Pedro e respondam:

  • Qual contexto levou Pedro a negar Jesus? Quais sentimentos provavelmente ele teve naquela madrugada?
  • Após ter negado a Jesus, o que Pedro deve ter sentido?
  • Você recorda de algum erro cometido em sua vida?
  • Quais foram as circunstâncias que levaram você a tomar determinada decisão? O que você sentiu na época?

VOLTANDO AO PASSADO

Leiam: João 21.1-19.

Logo que conheceu a Jesus, Pedro havia largado sua velha vida para seguir o novo propósito que Jesus havia dado a ele. Mas após negar Jesus, Pedro foi consumido por sentimentos negativos que o fizeram voltar para sua velha vida. Quando cometemos erros, sentimentos negativos costumam ganhar espaço em nosso coração. Após falhar, são comuns sentimentos como: culpa, vergonha, inutilidade, frustração, insegurança, indignidade, etc.

Pergunte: Quando você comete erros, quais sentimentos geralmente te envolvem? Como você lida com eles?

Pedro considerou seu erro tão grave e, talvez, irreversível, que isso o fez voltar ao seu passado. Pedro voltou a ser pescador de peixe. Ele estava perdido, não conseguia mais enxergar o futuro prometido por Jesus a ele, por isso voltou a ser quem ele era antes.

Pergunte: Você se sente preso ao passado em alguma área da sua vida? Existe algum erro ou frustração que tem impedido você de viver seu chamado e sua vocação?

Não é fácil resolver assuntos do passado. Não é fácil recordar erros cometidos. Muitas vezes o mais fácil é fingir que nada aconteceu. Repare, no texto que lemos em João, que Jesus faz uma pergunta difícil a Pedro: “tu me amas? ”. Jesus insiste nessa pergunta por três vezes, fazendo Pedro lembrar que havia falhado. Ao perguntar três vezes, Jesus feriu os sentimentos de Pedro, que ficou triste.

Pergunte: Porque Jesus insistiu com Pedro nessa pergunta difícil? Qual risco Pedro corria se tentasse seguir, sem resolver aquele assunto pendente?

Jesus está mais preocupado com nossa cura duradoura do que com nossos sentimentos de curto prazo. Pode doer no início, mas Jesus quer lavar a ferida para que ela cure, e não pode haver cura sem limpeza, sem tocar na sujeira, no problema.

OLHANDO PARA O FUTURO

Se você não deixar o seu passado, você não pode se apossar de seu futuro. A boa notícia é que, embora você não possa mudar seu passado, e ninguém pode, Deus pode mudar seu futuro.

O verso 4 diz que Jesus veio até eles; Pedro tinha pecado, abandonou seu chamado de discípulo, mas mesmo assim Jesus é quem o busca; não exigiu que Pedro viesse até ele.

Creia que Jesus vem até nós neste momento. Pela fé, veja duas portas diante de você: uma representa o passado, e a outra o futuro.

  1. Feche a porta do seu passado.

Aceite que a graça de Deus é maior que o nosso pecado. Quando nos agarramos ao nosso passado, o que estamos dizendo é que o poder do meu passado é mais forte que o poder da cruz, que o poder do que fiz é mais forte que o que Jesus fez por mim.

Leiam: 1João 1:9 e João 1: 12, 13

Pergunte: Você escolhe hoje deixar o seu passado e tomar posse do futuro que Deus tem para você?

  1. Entre no seu futuro

Deus te salva do seu passado, então você pode entrar no seu futuro. O chamado de Pedro é fundamentado em seu amor por Cristo, não em seu desempenho perfeito. Nossa qualificação para ser usado por Deus não é um passado perfeito, mas a presença de Deus em nossa vida.

Sua história não será uma história sobre seu fracasso, mas uma história sobre a vitória de Deus! Não devemos ser mantidos cativos pelo nosso passado, mas libertados para um novo futuro com Deus.

Leiam: Filipenses 3: 12-15

Pergunte: Você quer receber o perdão de Deus, quer um relacionamento com ele e entrar na porta do futuro que ele tem para você? (apelo de salvação e/ou restauração)

Fechar Menu