Série - agosto 01, 2021

Oração de Coração • 12 a 17 de abril

INTRODUÇÃO

Após um ano de pandemia o mundo mudou muito. As pessoas tiveram que se adaptar e transformar seus relacionamentos, rotinas, trabalhos e até suas crenças. Os desafios são inúmeros e os impactos na vida das pessoas vão durar por muito tempo.

Chegamos em um momento crítico com muitos casos novos de Covid, diversas pessoas conhecidas em estado grave ou até mesmo famílias registrando perdas. As necessidades financeiras crescem e muitos não encontram perspectiva para geração de renda. Isso sem falar no impacto da pandemia nas emoções e nos relacionamentos, aumentando o adoecimento psíquico e os conflitos.

Diante desse cenário, as pessoas ao redor do mundo precisam de Deus e estão cada vez mais abertas. Os cristãos são chamados pelo Senhor para se levantarem em oração e para ser a resposta neste tempo de crise. A Central tem se levantado em jejum e oração, assumindo uma postura ousada diante de Deus e diante das pessoas, pois sabemos que em tempos como estes os céus estão abertos e os corações também.

QUEBRA-GELO

Vamos fazer um balanço da pandemia:

  • Quais desafios a pandemia trouxe para minha vida pessoal e familiar?
  • Qual história real mais mexeu comigo ao longo dos últimos meses?

VOCÊ JÁ FEZ UMA ORAÇÃO DE CORAÇÃO?

Pergunta: Você já fez uma oração de todo coração?

Sabe aqueles momentos em que a gente consegue ser muito sincero na presença de Deus? Que a gente deixa de lado toda formalidade e desliga o piloto automático, a fim de derramar nosso coração na presença de Deus. São momentos marcantes em nossa caminhada e que nos levam a outro nível de fé e experiências com Cristo.

O livro de Salmos está repleto de registros como estes. Momentos em que os salmistas conseguem abrir o coração, aproximando-se do Senhor com extrema sinceridade, falando sobre suas angústias, medos e anseios. Hoje vamos conversar um pouco sobre um destes salmos e faremos algumas aplicações para o nosso contexto atual.

Leitura: Salmos 25

  • Atenção líder: peça para todos os presentes abirem suas bíblias em Salmos 25. A fim de tornar o momento mais dinâmico, peça para cada um ler um ou dois versos.

Pergunta: Após a leitura, comentem: O que mais chamou a atenção de vocês? Quais são os temas centrais do texto? Quais sentimentos se passavam no coração do salmista?

A leitura deste salmo impressiona por tamanha sinceridade e profundidade. Podemos encontrar alguns temas centrais que são abordados e isso nos ajuda a avaliar nosso coração diante de Deus em um período tão sério de crise que estamos atravessando.

  1. Deus é o meu refúgio

Imagine um garotinho que está encrencado na escola porque o valentão da sua sala está tomando o seu lanche. Agora imagine que o seu irmão mais velho estuda na mesma escola e é um dos mais fortes e populares do colégio. É tão bom quando estamos diante de um problema maior do que nossa capacidade e podemos recorrer a alguém à altura.

Sabemos que os problemas causados pela pandemia são bem mais sérios do que o lanche da escola. Mas sabemos também que Jesus é muito mais poderoso do que qualquer irmão mais velho já pensou ser.

Percebemos que o autor do salmo 25 estava encrencado. Ele estava diante de problemas e adversários muito maiores do que ele. Seu coração estava enfrentando medo, insegurança, aflição e angústia. Mas ele sabia que tinha a quem recorrer e sabia que podia confiar em Deus.

 

A ti, Senhor, elevo a minha alma. Em ti confio, ó meu Deus. Não deixes que eu seja humilhado, nem que os meus inimigos triunfem sobre mim! Salmos 25:1,2

Os meus olhos estão sempre voltados para o Senhor, pois só ele tira os meus pés da armadilha. Volta-te para mim e tem misericórdia de mim, pois estou só e aflito. As angústias do meu coração se multiplicaram; liberta-me da minha aflição. Olha para a minha tribulação e o meu sofrimento, e perdoa todos os meus pecados. Salmos 25:15-18

Guarda a minha vida e livra-me! Não me deixes decepcionado, pois eu me refugio em ti. Salmos 25:20

Pergunta: Você está enfrentando sérios problemas? Você já derramou, de verdade, o seu coração na presença de Deus?

  • Atenção líder: pare a reunião nesse momento e dê um tempo para as pessoas que estão passando por crises derramarem o coração na presença de Deus. Orem uns pelos outros.

 

  1. Deus perdoa os meus pecados

Quando estamos diante de uma crise, nosso orgulho é quebrado. As máscaras são deixadas de lado, nos tornamos vulneráveis na presença de Deus e percebemos claramente como somos falhos, limitados e pecadores. Diante do medo e das necessidades, nossas emoções ficam à flor da pele e nossas reações saem do controle.

É nessa hora que precisamos reconhecer nossos pecados na presença de Deus, recebendo o perdão e a chance de uma nova vida!

Lembra-te, Senhor, da tua compaixão e da tua misericórdia, que tens mostrado desde a antigüidade. Não te lembres dos pecados e transgressões da minha juventude; conforme a tua misericórdia, lembra-te de mim, pois tu, Senhor, és bom. Salmos 25:6,7

Por amor do teu nome, Senhor, perdoa o meu pecado, que é tão grande! Salmos 25:11

Pergunta: Você já tirou as máscaras na presença de Deus? Já pediu perdão pelos seus pecados?

  • Atenção líder: pare a reunião nesse momento e dê um tempo para as pessoas orarem reconhecendo seus pecados na presença de Deus e pedindo a Ele perdão.

 

  1. Deus me mostra as saídas

Você já esteve em uma situação com vários caminhos à sua frente e não sabia qual deles escolher? Ou já esteve em um beco sem saída, em uma situação que parecia não ter solução? Às vezes ficamos perdidos e amedrontados.

O salmista estava assim. Mas ele sabia que em Deus podia encontrar a direção para seguir. Sabia que na palavra de Deus estavam todas as respostas de que precisava e os segredos do coração de Deus.

Mostra-me, Senhor, os teus caminhos, ensina-me as tuas veredas; guia-me com a tua verdade e ensina-me, pois tu és Deus, meu Salvador, e a minha esperança está em ti o tempo todo. Salmos 25:4,5

Bom e justo é o Senhor; por isso mostra o caminho aos pecadores. Conduz os humildes na justiça e lhes ensina o seu caminho. Todos os caminhos do Senhor são amor e fidelidade para com os que cumprem os preceitos da sua aliança. Salmos 25:8-10

Quem é o homem que teme o Senhor? Ele o instruirá no caminho que deve seguir. Viverá em prosperidade, e os seus descendentes herdarão a terra. O Senhor confia os seus segredos aos que o temem, e os leva a conhecer a sua aliança. Salmos 25:12-14

Pergunta: Você já perguntou a Deus qual a saída para a sua crise? Já consultou o que a bíblia diz a respeito?

  • Atenção líder: pare a reunião nesse momento e dê um tempo para as pessoas pedirem a Deus que mostre a elas as direções e as saídas.

REFLEXÃO

Como é bom poder confiar em Deus, encontrando nele segurança, direção e auxílio. Você percebe como um momento deste que acabamos de viver juntos na célula transforma totalmente a nossa vida? Muitos entraram na reunião angustiados, culpados e perdidos. Estão saindo leves, perdoados e redimidos. Não tem preço o que momentos como estes, de uma célula na presença de Deus, podem fazer por uma pessoa em crise.

Perguntas:

  • Você conhece pessoas que estão sofrendo?
  • Você conhece pessoas que não conhecem a Deus e, portanto, não podem desfrutar do apoio divino neste momento?
  • Você conhece pessoas que estão desconectadas da comunhão da igreja e, por isso, estão atravessando a crise sozinhas?

DESAFIO DE ORAÇÃO

Se você percebe a gravidade do momento que estamos atravessando e se você se importa com as pessoas que estão sofrendo sem a ajuda de Deus e sem a conexão com a igreja local, assuma conosco o compromisso de orar por algumas dessas pessoas.

  • Atenção líder: peça para todos os presentes pegarem seu caderno de oração ou abrirem um bloco de notas. Desafie cada um a pensar em pelo menos três pessoas que estão passando pela crise longe de Deus. Assumam juntos o compromisso de orar nas próximas semanas por essas pessoas.

Debaixo de oração, vamos convidar essas pessoas para participarem da célula. Em breve teremos muitos testemunhos de transformação e milagres!