Série - fevereiro 05, 2023

O propósito de Deus para 2023 • 09 a 14 de janeiro

CÉLULA: 09 a 14 de janeiro

INTRODUÇÃO

No início do ano, muita gente costuma fazer planos e estabelecer metas.

Perguntas: Você já fez isso nesse ano? Quais foram as suas principais resoluções para o novo ano?

Parece que as metas e resoluções mais comuns são:

•Cuidar melhor da saúde, matricular-se em uma academia e começar a começar uma dieta (essa é a meta mais comum e mais rapidamente abandonada).

• Aprimorar o inglês ou outra língua estrangeira.

• Poupar algum dinheiro.

• Ler pelo menos 20 livros ao longo do ano.

• Passar mais tempo com a família e com as pessoas mais importantes.

Os tipos de alvos transitam entre espirituais, emocionais, físicos, familiares, profissionais, ministeriais, sociais, etc. Isso é uma boa prática, porque a maioria das pessoas é motivada por desafios.

Para nos ajudar na escolha de bons alvos para 2023, alvos que possam realmente contribuir para o nosso crescimento, vamos destacar três verdades bíblicas quanto ao propósito de Deus para nossas vidas.

Como todos já devem saber, a Central está ministrando uma nova série de pregações chamada ESCOLHAS, e a primeira mensagem domingo passado trouxe o desafio de escolhermos o propósito de Deus, ao invés de viver para agradar as pessoas.

Moisés fez. Entre a popularidade e o conforto do Egito, ele escolheu o chamado de Deus. E fez isso porque sabia que a recompensa seria muito superior que os tesouros do Egito, a nação mais rica da época.

Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa. (Hebreus 11:24-26)

Para fazer essa escolha, Moisés teve que descobrir o propósito de Deus para ele. Através de várias informações e experiências, ele finalmente entendeu que não era o chamado de Deus continuar sendo o filho adotivo do faraó. Então, ele preferiu ser maltratado junto com o povo de Deus, que era escravo no Egito, do que aproveitar os prazeres do pecado. E Moisés não se importou mais com o que os outros iriam pensar dele. Escolheu o propósito de Deus ao invés da popularidade. Mais ainda: quando Moisés descobriu que

Deus queria levá-lo, e a todo o povo hebreu, para uma outra terra, a terra prometida, ficou claro que o Egito não poderia mais ser a sua casa. Tudo mudou quando escolheu viver o chamado de Deus e a vontade de Deus.

Perguntas:

• E quanto a você, não seria muito útil descobrir algumas verdades sobre o propósito de Deus para a sua vida?

• Não seria importante, antes de estabelecer seus planos e metas, conhecer o seu chamado como fifilho de Deus, para então embasar seus planos e resoluções de ano novo?

• Não seria coerente e benéfifico estabelecer suas metas para este ano a partir do propósito de Deus?

Então, vamos ler uma passagem bíblica bastante reveladora.

DESENVOLVIMENTO:

Texto-base: 1Coríntios 1.1-9

Paulo, chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, e o irmão Sóstenes, à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus e chamados para serem santos, juntamente com todos os que, em toda parte, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso: A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo. Sempre dou graças a meu Deus por vocês, por causa da graça que lhes foi dada por ele em Cristo Jesus. Pois nele vocês foram enriquecidos em tudo, em toda palavra e em todo conhecimento, porque o testemunho de Cristo foi confirmado entre vocês, de modo que não lhes falta nenhum dom espiritual, enquanto vocês aguardam que o nosso Senhor Jesus Cristo seja revelado. Ele os manterá firmes até o fim, de modo que vocês serão irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é Deus, o qual os chamou à comunhão com seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

Podemos observar que a palavra ‘chamado’ aparece três vezes nessa passagem. Em cada uma delas, ela está vinculada a uma verdade e um propósito diferente que precisamos considerar. Por questões de didática, não vamos destacá-las na ordem em que aparecem.

1. Somos chamados para sermos SANTOS

À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus e chamados para serem santos. (verso 2)

A palavra grega traduzida por SANTO nesse versículo é hagios. Significa separado, puro, diferente. Um de seus sentidos mais destacados é “livre das impurezas da carne”. Santo é aquele que não está cativo a seus desejos pecaminosos. Sabe que é separado e que dispõe de toda graça de Deus para negar e controlar os desejos pecaminosos.

É importante lembrar que um dos resultados de termos o Espírito Santo habitando dentro de nós é domínio próprio, ou autocontrole. Um dos aspectos do fruto do Espírito, segundo Gálatas 5.16-24, o domínio próprio pode ser definido como a virtude de alguém que domina seus desejos e paixões.

É por isso que a Bíblia afirma que quem anda no Espírito jamais satisfará aos seus desejos pecaminosos (Gálatas 5.16) e aquele que é de Cristo já crucificou a carne com suas paixões e desejos (Gálatas 5.24).

Um dos chamados de Deus para nós é vivermos essa liberdade quanto ao domínio da carne. Certamente, não vem de nós o poder para isso.

Assim como dependemos da graça de Deus para sermos salvos da condenação do pecado, também precisamos dela para sermos livres de seu domínio.

Gálatas 5.25 diz: “Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”.

Se pela obra do Espírito nós fomos regenerados e nascemos de novo, é também pelo agir do Espírito Santo em nós que podemos andar em liberdade e vitória. Podemos fazer isso porque temos uma nova natureza e porque o Espírito Santo habita em nós e está ao nosso lado, e como nosso consolador (do grego parakletos), alguém enviado para nos ajudar, e que nos capacita a andarmos livres do domínio do pecado.

2. Somos chamados para termos COMUNHÃO com Jesus Cristo

Fiel é Deus, o qual os chamou à comunhão com seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. (verso 9)

A palavra grega traduzida por COMUNHÃO nesse versículo é koinonia, que tem o sentido de companheirismo, intimidade e relação. Este é outro maravilhoso chamado de Deus para nós: construirmos um relacionamento profundo com Jesus. Mais que um chamado, este é um grande privilégio. Já imaginou que Jesus nos convida para desenvolvermos relacionamento íntimo, de amizade e companheirismo com Ele?

Por isso, nosso Cristianismo não pode ser apenas uma religião baseada em dogmas, rituais e clero. A Igreja de Jesus, também chamada de família de Deus, tem sua base em uma única e simples palavra: relacionamento.

Quais são os dois grandes mandamentos que resumem toda a lei e os profetas? Amar a Deus e amar ao próximo. Relacionar-se com Deus e relacionar-se com o próximo. Daí pode-se concluir que todos os mandamentos têm uma única intenção: incentivar-nos a buscar um relacionamento sólido e íntimo com Deus e com as pessoas.

Por isso, nosso Cristianismo não pode ser apenas uma religião baseada em dogmas, rituais e clero. A Igreja de Jesus, também chamada de família de Deus, tem sua base em uma única e simples palavra: relacionamento.

Quais são os dois grandes mandamentos que resumem toda a lei e os profetas? Amar a Deus e amar ao próximo. Relacionar-se com Deus e relacionar-se com o próximo. Daí pode-se concluir que todos os mandamentos têm uma única intenção: incentivar-nos a buscar um relacionamento sólido e íntimo com Deus e com as pessoas.

3. Somos chamados para um MINISTÉRIO

Paulo, chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus. (verso 1)

A palavra grega traduzida por “chamado” nesse versículo é klétos, que tem como um de seus sentidos ser selecionado e designado divinamente para o desempenho de algum ofício. Em suas cartas, o apóstolo Paulo costumava se apresentar como alguém chamado por Deus para ser apóstolo. Esse foi o ministério que ele recebeu e que realizou com tanta dedicação e sacrifício durante toda a sua vida.

Como o apóstolo Paulo, todos nós cristãos, sem exceção, também fomos chamados para pelo menos para um ministério: somos todos chamados para sermos fazedores de discípulos.

Em Mateus 28.19,20, Jesus disse:

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei.
E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.

Fazer discípulos é uma vocação dada pelo Senhor a todos nós. É um dos mais importantes propósitos de nossa vida.

A verdade é que Deus está atuando no mundo para salvar e curar a humanidade tão adoecida pelo pecado, e ele deseja que cada um de seus filhos se junte a ele. Ele nos deu uma missão, que é levar as boas novas do evangelho às pessoas e ajudá-las a, conhecendo e recebendo Jesus, serem transformadas em verdadeiros e frutíferos discípulos de Jesus.

Nossa missão é a continuação da missão de Jesus sobre a terra. É um grande privilégio e a melhor coisa que podemos fazer por alguém: contar o que Jesus fez por nós e como eles podem obter a vida eterna. E como já descobrimos, as células são a melhor estratégia para cumprirmos a nossa missão de fazermos discípulos.

CONCLUSÃO:

Quando Moisés entendeu o chamado e os propósito de Deus para vida dele todos os seus planos mudaram. Ele não podia mais continuar no Egito vivendo com um egípcio.

Quando o apóstolo Paulo teve seu encontro com Jesus e recebeu o seu chamado para ser um apóstolo, todos os planos dele foram mudados.

Como seus planos deveriam ser ajustados agora que você já sabe que Deus espera que em 2023 você seja mais SANTO, tenha um RELACIONAMENTO ÍNTIMO com Jesus e se torne um FAZEDOR DE DISCÍPULOS?

Sugerimos que você pare por alguns instantes e estabeleça um planejamento de, pelo menos, um alvo para cada área chave de sua vida, como no exemplo abaixo.

AVISOS

Vox Conference 2023 l 2° lote de ingressos já à venda.

Os ingressos do 2° lote já estão à venda no site da Central. O tema deste ano é ‘Origem’ e mergulharemos juntos na história da igreja em busca dos fundamentos que nos fazem autênticos e fiéis ao nosso propósito original.

Garanta já a sua participação em:

central.online/evento/voxconference23/

Encontro com Deus l 28 e 29 de janeiro

O Encontro com Deus está de volta com esse propósito, aproximar as pessoas do Senhor na prática em um final de semana imersivo e guiado pelo Espírito Santo.

A próxima edição acontecerá nos dias 28 e 29 de janeiro, na Sede Campestre. Inscreva-se no site da Central.

Impacto Missionário Anagé 2023 l 22 a 29 jan.

Comece o ano atendendo ao chamado de Deus para missões e participe do Impacto Anagé 2023. Nossa missão acontecerá de 22 a 29 de janeiro.

Inscrições no site da Central.

Dia da Visão l 4 de fevereiro, 09h, Central Luxemburgo

Se você é líder, supervisor ou coordenador na Central, está sendo convocado para um tempo de orientação e alinhamento. O nosso amor pela visão precisa ser renovado, prepare-se para mergulhar na essência do seu chamado.

Perguntas: Você já tinha pensado em alguns alvos e resoluções para esse ano novo. E agora, após esse estudo, os seus planos serão mudados? Quais são os seus alvos para 2023?

Meus Alvos para 2023:

Vida espiritual:
Vida pessoal:
Vida familiar:
Vida ministerial:
Outros alvos:

 

Pense agora: seus alvos refletem e incluem o chamado de Deus para a sua vida? Tem certeza que se você se esforçar bastante em atingir esses alvos estará agradando a Deus e avançando no plano maior que ele tem para a sua vida?