Série - dezembro 03, 2023

O Avivamento no País de Gales • 20 a 25 de março

AVIVAMENTO NO PAÍS DE GALES

CÉLULA: 20 a 24 de março

INTRODUÇÃO

A Central está vivendo três semanas de busca pelo Avivamento. Em todas as unidades estamos recebendo pregadores convidados em cultos especiais de avivamento. Desafie sua célula a estar presente em todos os cultos e não percam a oportunidade de serem impactados por Deus nesse tempo.

E para nos inspirar a viver esse tempo como igreja, vamos conversar aqui na célula nessas três semanas sobre a história de grandes avivamentos mundiais, entendendo a forma que eles começaram, qual foi o impacto causado e o que podemos tirar de proveito para vivermos coisas ainda maiores em Deus, os tendo como referência.

QUEBRA-GELO

Promova uma breve conversa sobre um assunto tão atual:

• Você sabe onde fica o País de Gales? Qual é o seu tamanho territorial? A qual continente ele pertence?

• Você sabe quais são as cores da bandeira do país de Gales?

AVIVAMENTO NO PAÍS DE GALES

O País de Gales é um principado do Reino Unido menor que o estado brasileiro de Sergipe. No início do século 20, tinha uma população de pouco mais de um milhão de pessoas, a maioria dos quais trabalhava em minas de carvão e metalúrgicas. De acordo com alguns estudiosos, o avivamento que ocorreu lá de 1904 a 1905 foi um dos maiores avivamentos da história, dado o curto tempo de duração e o impacto que causou, não só nas regiões circunvizinhas, mas no mundo inteiro. Sem dúvida alguma, foi um dos grandes acontecimentos que viriam a marcar a história do cristianismo moderno.

Pergunta: Você sabe o que é um avivamento?
Na sua percepção, quais sinais acompanham este tipo de movimento? O que um avivamento pode provocar?

A seguir, veremos alguns pontos chaves sobre esse avivamento, que mudaram a história daquele país, e são profundamente impactantes e transformadores nos nossos dias atuais.

A HISTÓRIA DO AVIVAMENTO EM GALES

A história do avivamento do País de Gales não começa em uma conferência, culto ou momento específico de perseguição da igreja na história. A história relatada é que Gales era um país tomado por igrejas e capelas, e que quase todas as pessoas frequentavam regularmente alguma igreja. Haviam grandes pregadores e professores que viajavam, anunciando as boas notícias do evangelho de forma pura e reformada. Entretanto, algo

faltava nessas pregações.

Neste tempo, Deus levanta um homem chamado Evan Roberts para ser seu instrumento percursor do avivamento naquela nação. Evan era um homem COMUM, trabalhador em uma mina de carvão, nascido em 1878 oriundo de uma família metodista. Converteu-se aos 13 anos de idade e sempre levou os afazeres do Senhor de forma muito zelosa. Ao contrário da maioria dos galeses, Evans estava sempre insatisfeito com seu nível espiritual e buscava ansiosamente por algo maior. Com um coração sensível a Deus, começou a viver inúmeras experiências de oração.

Foi então, em uma reunião dirigida por Seth Joshua na cidade de Blaenanerch, em uma quinta-feira, 29 de setembro de 1904, que Evan Roberts foi visitado de forma poderosa pelo Espírito Santo sendo dobrado por Deus. Foi quando orou publicamente:

“Senti uma força ou energia viva entrando no meu peito. Perdi o fôlego, minhas pernas ficaram trêmulas. Caí de joelhos, suava muito e as lágrimas jorravam… Senti que era Deus enviando o seu amor para me dobrar e eu não compreendia o que havia em mim para ser amado… O que veio à minha mente depois disso era o dia do juízo final que as pessoas serão dobradas contra sua vontade. Desse dia em diante, a salvação das pessoas pesava muito sobre mim.”

Desde então, um sonho de ganhar 100 mil pessoas pra Jesus incendiava o coração daquele homem comum. E em um dos vários cultos dirigidos por ele, após esse episódio, o Espirito Santo foi derramado e toda Gales foi avivada.

Pergunta: Você imaginava que um avivamento poderia surgir de um homem tão simples como Evan? Qual parte mais chamou sua atenção em sua oração?

Claro que a história do avivamento possui muito mais detalhes preciosos do que esses mencionados acima, esse pequeno trecho é apenas para motiva-lo a viver junto conosco esse tempo de procura por esse avivamento. Nessa história, alguns pontos nos saltam aos olhos. Assim com Evan, precisamos experimentar e aprender que:

1) O avivamento vem… quando o homem se dobra diante de Deus.

Vimos que Evan teve uma forte experiência com o Espírito Santo quando ele é dobrado por Ele. E cita a passagem bíblica de Filipenses 4:5-11

“Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que embora sendo Deus não considerou o ser igual a Deus era algo devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens… Por isso Deus o exaltou a mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus e na terra e debaixo da terra…”

É nítido ver nas experiências do avivalista que Deus não envia seu Espírito para homens que ainda estão de pé. É necessário que nós, como filhos de Deus, sejamos dobrados diante de d’Ele. Que o nosso orgulho seja quebrado. Que nenhuma posição, cargo ou tempo de igreja seja considerado em nosso pedido de avivamento, mas sim um desejo intenso e sincero de se achegar mais ainda a Deus.

Para que o avivamento venha sobre nós é necessário que haja a confissão voluntária dos nossos pecados, uma desistência do ego e uma humilde postura de servir a todos não considerando nada além do amor a Cristo.

Pergunta: Você tem confessado seus pecados? Você se considera alguém orgulhoso diante de Deus? Você se considera maior ou mais importante que alguém?

2) O avivamento vem… quando um incomodo incessante nasce no coração.

Podemos presenciar que o jovem Evan era atormentado diariamente por um incômodo com a própria vida espiritual. Era algo que ele orava com frequência para que Deus o visitasse de forma profunda, afim de mudar aquela situação.

O País de Gales também era um país teoricamente cristão, mas faltava algo, muitas pessoas naquela época andavam acomodadas da forma como viviam suas vidas. Mas aquele jovem rapaz das minas foi tomado por um incômodo do Espírito a viver algo além, e de fato viveu o avivamento.

Quantos de nós, passamos anos na igreja, e nos acomodamos com a situação em que vivemos? Conquistamos emprego, família, casamentos, filhos, viagens e muitas outras coisas e acabamos nos acostumando, reduzindo o poder e ação do Espirito a situações meramente mundanas e ocasionais.

Quantos de nós perderam o fôlego, após inúmeras series de cultos, lições, células, GD’s, conferências, reuniões, por que não conseguiu viver e ver nada diferente? Pois Deus está nos chamando, para viver como Evan Roberts, e também como o profeta Jeremias:

“Mas seu digo: “Não mencionarei e nem falarei mais o seu nome, é como se ardesse em meu coração um fogo cerrado dentro de mim. Estou exausto tentando conte-lo, já não posso mais”. Jeremias 20:9

Que o Senhor acenda novamente esse fogo em nossos corações.

Pergunta: Você tem percebido que nos últimos tempos a sua chama apagou? Que você está acomodado em como as coisas estão? Que, no profundo, você até deseja que as coisas permaneçam como estão?

3) Um avivamento vem… quando o genuíno amor pela salvação do próximo é despertado.

É redundante dizer em nosso meio que Deus deseja salvar a todos, falamos e pregamos isso com abundância. Mas até que ponto isso é algo que queima em nossos corações?

No avivamento em Gales, chama a atenção que quando a glória da presença de Deus veio sobre Evan ele caiu de joelhos, se dobrando diante de Deus. Neste mesmo instante ele teve a percepção de que um dia isso vai acontecer o mesmo com todas as pessoas, pois a Bíblia promete que todo joelho se dobrará diante do Senhor. O problema percebido por Evan é que muitas pessoas vão se dobrar tarde demais, somente no dia do juízo, quando não terá mais jeito.

Evan se levantou da presença de Deus incendiado pela missão de anunciar a salvação. Se todos um dia vão se dobrar, que 100 mil se dobrem hoje. Aquele jovem decidiu oferecer para Deus 10% das almas da sua nação em seu tempo.

Em um mundo tão egoísta, muitas vezes o nosso próprio desejo por avivamento precisa ser testado. Muitas vezes queremos o poder e o derramar do Espírito em nós apenas para nossa própria satisfação ou benefício próprio, mas Deus não deseja que isso seja conosco. O poder dele é para que sejamos testemunhas, para que levemos a salvação que pertence a Jesus a todo aquele que não crê.

“Contudo, recebereis poder quando o Espírito Santo descer sobre vós, e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda Judéia e Samaria, e até os confins da terra”. Atos 1:8

Precisamos queimar pela salvação do nosso próximo.

Pergunta: Você tem se importado com as pessoas? Você tem apresentado o evangelho de Jesus Cristo para aqueles que não conhecem ou estão afastados?

CONCLUSÃO

O avivamento no País de Gales, e em outros locais, deixam quase sempre marcas muito parecidas. Precisamos nos voltar ao Senhor de todo nosso coração. Nos dobrarmos diante dEle, confessarmos todas as nossas práticas pecaminosas. A partir daí, seremos tomados por um incômodo de como nossa vida se encontra hoje até que isso exploda para um coração em chamas, que arde por vidas sendo salvas. O avivamento:

• Nasce com uma insatisfação com a situação espiritual atual: você está satisfeito ou insatisfeito?

• Se fortalece com uma atitude de quebrantamento, quando nos dobramos diante de Deus: você
já se dobrou ou ainda está de pé?

• Explode com compaixão e amor pelo próximo: você se importa genuinamente com a salvação das pessoas ou está simplesmente vivendo sua vida cristã?

Pergunta: Você quer o avivamento? Você se considera preparado para o avivamento? Qual desses 3 pontos você mais sente falta em sua vida com Deus hoje?

APLICAÇÃO – CÉLULA EM AÇÃO

Chegou a hora da nossa célula se unir para buscar o avivamento. Tudo começa na presença de Deus. Promova um tempo de oração desafiando as pessoas a se dobrarem diante de Deus. Coloque uma música de fundo e peça para cada um orar genuinamente reconhecendo sua condição espiritual e clamando para ir a um outro nível. Deixe Deus tocar e visitar vocês.

Ainda em oração, peçam para Deus despertar vocês para a compaixão. O coração de Deus se move em compaixão pelas pessoas, sobretudo para aquelas que ainda estão perdidas, sem Cristo. Desafie cada presente a se lembrar de pessoas da sua convivência (amigos, parentes, vizinhos, colegas) que ainda não caminham com Jesus. Desafie cada presente a pensar em pelo menos 3 pessoas.

• Promova um tempo de oração específico em que cada presente vai orar pela salvação de 3 pessoas.

Como falamos na lição de célula semana passada, teremos em abril uma semana especial em que todas as células da Central farão o DIA DO AMIGO. Veja agora o calendário e o cronograma de preparação:

Cronograma de preparação para o dia do amigo

Primeira semana:

20 a 25 de março

Segunda semana:

27 de março a 01 de abril

Terceira semana:

03 a 08 de abril

Dia do amigo:

10 a 15 de abril

Fazer lista do Oikos – pessoas que fazem parte de nosso círculo de
convivência: amigos, família, vizinhos, colegas de trabalho ou escola, prestadores de serviço, etc. Separar um tempo na reunião da célula para orar pelos convidados. Desafiar todos a anotarem em um papel preparado por você o nome de pelo menos 3 pessoas e combinar com a célula de orar e jejuar por essas pessoas nas próximas semanas.

Distribuir as tarefas entre os participantes: convite, decoração, lanche, louvor, dinâmica, testemunho, palavra, lembrancinha, consolidação. Desafiar a célula a continuar orando e jejuando pelas 3 pessoas do papelzinho. Nessa semana, enviar o convite para essas pessoas participarem do Dia do Amigo.

Acertar os últimos detalhes para o Dia do amigo. Orar pelos preparativos, pelos convidados e pela presença de Deus.

Realizar o evento do Dia do Amigo. Receber com alegria os convidados.
Preparar com carinho e excelência cada detalhe, envolvendo toda a sua célula na organização. Anotar no célula.in os dados dos visitantes e registrar no sistema as decisões por Jesus.

 

AVISOS

Série de Avivamento l Motive sua célula a participar

Esse grande mover já começou e os cultos do último dia 19 foram extraordinários. Não abra mão de participar e faça da busca pelo Espírito Santo uma prioridade. No próximo domingo, dia 26, seguiremos com os cultos em todas as unidades e, especialmente na Central Luxemburgo, receberemos o Pr. Hernandes Dias Lopes que ministrará – duas palavras diferentes – nas celebrações das 10h e 18h. Esperamos por todos vocês.

CCM | Inscrições abertas

Conheça mais sobre os cursos disponíveis e veja qual se encaixa melhor no seu perfil.

• Cresça: Para quem já se batizou e deseja avançar, se preparando para cumprir o propósito de
Deus e buscando por maturidade espiritual.

• Lidere: Ensinamentos essenciais para quem deseja se tornar um líder de célula frutífero.

Inscrições abertas até 12/04 pelo site da Central l Início das aulas: 16/04

Curso Casais Vencedores l Inscrições abertas

Estão abertas no site as inscrições para a próxima edição do curso Casais Vencedores. Não importa se você é recém-casado ou está a décadas em um relacionamento, essa é a oportunidade de investir em um dos maiores presentes que o Senhor já te deu: o seu relacionamento conjugal. Data de início: 12/04. Vagas limitadas.

Movimento Eleva l Seja um voluntário cristão para ações sociais.

Promovemos visitas regulares à instituições de apoio social, além da arrecadação e entrega de doações, tudo com mão de obra 100% voluntária. E o mais importante, levamos o evangelho a cada etapa desse trabalho. Se você deseja servir a quem mais precisa, faça parte

do Eleva. Inscreva-se em central.online/eleva

Encontro com Deus l 25 e 26 de março

Se a igreja já faz parte da sua vida, é hora de avançar no seu compromisso com Jesus participando do nosso retiro de consolidação. Público-alvo: recém- convertidos e não batizados que já frequentam nossas células e cultos. Lembrando que passar pelo Encontro com Deus é pré-requisito obrigatório para o batismo. Inscrições abertas no site da Central.