Série - maio 30, 2024

Não seja como eu quero • 13 a 18 de fevereiro

INTRODUÇÃO

Desde o dia 1 de janeiro toda a Central está seguindo um plano de leitura bíblica sensacional. Até o momento, já lemos diversos Salmos (um Salmo por dia), todo o evangelho de Mateus e agora estamos quase finalizando a leitura do evangelho segundo Marcos.

Se você ainda não iniciou as leituras, ESCOLHA logo começar o seu dia buscando a Deus e meditando em sua palavra. Envolva toda a sua célula e vamos ler a Bíblia juntos! O plano está disponível no app da Central, confira se todos já sabem como usá-lo.

Nessa fase da leitura bíblica, estamos aprendendo sobre a vida de Jesus. São tantos relatos impressionantes de milagres, curas e salvação. Estamos mergulhando no ensino de Jesus, cheio de sabedoria e autoridade, lendo sobre as parábolas, sermões e profecias. Cada capítulo transborda de amor, poder, visão e compaixão. Não dá vontade de parar de ler.

No encontro da célula hoje, vamos nos aprofundar em um dos momentos mais difíceis da vida de Jesus, que foi o seu clamor no Jardim do Getsêmani. Você vai compreender o significado espiritual dessa passagem e será desafiado a fazer sua própria oração de entrega. Você está preparado?

JARDIM DO GETSÊMANI

Em nossa leitura bíblica desta semana, lemos:

 

Então foram para um lugar chamado Getsêmani, e Jesus disse aos seus discípulos: “Sentem-se aqui enquanto vou orar”. Levou consigo Pedro, Tiago e João, e começou a ficar aflito e angustiado. E lhes disse: “A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem”. Indo um pouco mais adiante, prostrou-se e orava para que, se possível, fosse afastada dele aquela hora. E dizia: “Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres”. Então, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. “Simão”, disse ele a Pedro, “você está dormindo? Não pôde vigiar nem por uma hora? Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca. ” Mais uma vez ele se afastou e orou, repetindo as mesmas palavras. Quando voltou, de novo os encontrou dormindo, porque seus olhos estavam pesados. Eles não sabiam o que lhe dizer. Voltando pela terceira vez, ele lhes disse: “Vocês ainda dormem e descansam? Basta! Chegou a hora! Eis que o Filho do homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores. Levantem-se e vamos! Aí vem aquele que me trai! ” Marcos 14:32-42

 

O Jardim do Getsêmani fica situado em frente a Jerusalém, no Monte das Oliveiras. Como o próprio nome do monte diz, há uma abundante plantação de oliveiras em toda a sua encosta virada para Jerusalém. No local há árvores milenares que perduram até os dias atuais (pelo menos suas raízes, já que foram cortadas algumas vezes).

Além de um pomar para plantio de oliveiras, havia ali um lagar: oficina com os aparelhos adequados para espremer certos frutos (uva, azeitona, etc.), reduzindo-os a líquido.

No evangelho de Marcos, o local onde Jesus viveu essas horas agoniantes é chamado dechorion: “lugar” ou “propriedade”; já em João 18:1, ele aparece como um kepos: “horto” ou “jardim”. Jardim ou horto nos tempos bíblicos referia-se a um lugar de produtividade de determinada planta (azeitona, uva, tâmara, etc).

O lugar em que Jesus se encontrava era chamado Gethsēmani: nome derivado do aramaico (Gaṯ-Shmānê), que significa literalmente “prensa de azeite”. Essa prensa de azeite funciona da seguinte forma:

  • As azeitonas são colocadas debaixo de uma roda de pedra para uma primeira quebra na casca
  • Depois são colocadas em um saco de tecido e esses sacos são colocados uns sobre os outros, debaixo de uma prensa
  • É adicionada uma primeira carga de pedra e o primeiro óleo é retirado
  • Uma segunda carga de pedra e o segundo óleo é retirado
  • Por fim uma terceira carga e todo o óleo é extraído da azeitona

Para compreender melhor o funcionamento dessa prensa de azeite, assista o vídeo abaixo e transmita-o à sua célula:

Como era Feito o AZEITE nos tempos de Jesus: https://www.youtube.com/watch?v=iASr4ppgUQc

Caso queira se aprofundar no assunto, assista a pregação abaixo:

 

  1. BRENO FERRARI |NÃO SEJA COMO EU QUERO | 05/06/2022 | CENTRAL: https://www.youtube.com/watch?v=-bNHMUs0xS8

 

AS TRÊS PRENSAS

 

Como vimos no vídeo e na explicação acima, para extração do azeite, a azeitona passa por três prensas. Da mesma forma, antes de sua morte na cruz, Jesus escolheu intencionalmente este lugar onde repetiu três vezes uma oração. Cada vez que Jesus repetiu essa oração significou que ele estava passando por uma prensa.

Em cada prensa uma parte do óleo da azeitona é extraído. Da mesma forma, em cada prensa de Jesus ele estava derramando sua vida em favor de muitos, liberando sua provisão àqueles que nele creem.

Getsêmani é o lugar da agonia de Jesus. O que estava em jogo ali não era sua humilhação ou dor física que se aproximavam. Naquele jardim aconteceu a maior batalha espiritual da eternidade. Naqueles momentos de luta física, emocional e espiritual de Jesus, foi decidido o destino eterno do mundo inteiro.

Jesus fez e cumpriu uma oração que mudou ou pode mudar a sua vida: “Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres”.

Entenda tudo o que Jesus liberou para você e se posicione diante dessa oração que deve ser um marco na vida de todo cristão:

 

  • A primeira prensa – óleo das primícias

 

A primeira vez que Jesus orou abrindo mão da sua vontade foi sua primeira prensa. Ali Jesus negou a si mesmo e foi esmagado:

 

Contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o Senhor faça da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do Senhor prosperará em sua mão. Isaías 53:10

 

Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos. Isaías 53:10 (ARA)

 

Porque o pai quis e se agradou em esmagá-lo/moê-lo? Sem que a azeitona passe por este processo, não há como extrair seu óleo. O Pai quis extrair o óleo do seu próprio filho por amor a mim e a você. O primeiro óleo que saiu da prensa era o óleo das primícias, usado pelos sacerdotes para unção e para acender a menorá.

Getsêmani estava estrategicamente ao lado de Jerusalém, bem perto da porta que levava ao templo. E o óleo extraído daquela prensa bem ao lado de Jesus, literalmente, abastecia o serviço sacerdotal no templo de Zorobabel, que estava sendo reformado e ampliado por Herodes.

Espiritualmente, essa primeira prensa significa que só podemos estar espiritualmente vivos por meio do óleo derramado por Jesus. Só podemos entregar as primícias da nossa vida por meio do sacrifício perfeito do filho de Deus. A chama espiritual do nosso coração só pode estar acesa por meio de Cristo. Somente o óleo fresco do Espírito Santo nos torna separados e puros na presença de Deus.

Pergunta: Você crê que Jesus derramou a vida para perdoar os seus pecados? Você já nasceu de novo e está espiritualmente vivo (aceso), na presença de Deus?

 

  • A segunda prensa – óleo para alimento e cura

 

Jesus fez a mesma oração pela segunda vez.

“Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres”.

 

Mais carga de pedra foi adicionada e mais de sua vida foi extraída. O segundo óleo extraído pela prensa, ainda de ótima qualidade, era usado para alimento. Suas propriedades serviam também para fins medicinais. O azeite era uma das bases alimentares nos tempos bíblicos, pois era usado no preparo dos principais alimentos (como pães) das pessoas daquela época, bem como para fabricação de medicamentos.

Em sua segunda prensa, Jesus está declarando que ele é a fonte de toda provisão e cura para as pessoas. As pedras que esmagaram Jesus foram os nossos pecados. O resultado dessa prensa foi nosso perdão e restauração:

 

Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados. Isaías 53:4,5

 

Declarou-lhes Jesus: “Digo-lhes a verdade: Não foi Moisés quem lhes deu pão do céu, mas é meu Pai quem lhes dá o verdadeiro pão do céu. Pois o pão de Deus é aquele que desceu do céu e dá vida ao mundo”. João 6:32,33

 

Por meio da obediência e rendição de Jesus, o verdadeiro alimento espiritual e a verdadeira cura estão disponíveis. Porque Jesus foi esmagado e espremido, temos nossos pecados perdoados e nossa fome mais profunda saciada.

Pergunta: Você tem se alimentado de Cristo, o verdadeiro alimento espiritual, ou ainda tem tentando matar sua fome com aquilo que o mundo oferece? Sua cura está em Cristo ou você tem tentado resolver suas feridas da alma com seus recursos humanos?

 

  • A terceira prensa – óleo para lâmpadas e sabonetes

 

Pela terceira vez a mesma oração. Observe um aspecto especial dessa terceira prensa. Lucas, o médico, chama a nossa atenção:

 

Estando angustiado, ele orou ainda mais intensamente; e o seu suor era como gotas de sangue que caíam no chão. Lucas 22:44

 

A ciência moderna identificou casos como esses. Hematidrose, também chamado hematohidrose ou hemidrose ou suor de sangue, é uma condição muito rara em que um humano sua sangue. A hematidrose afeta o rosto, as orelhas, o nariz e os olhos, mas na sua  na origem também está um outro fenómeno: as lágrimas de sangue.

Para a ciência, este fenômeno do corpo humano está associado a momentos de maior pressão, tensão ou stress. O medo e o stress emocional intenso podem também impulsionar esta condição, pois estes estados emocionais têm um impacto direto nos micro vasos sanguíneos das glândulas sudoríparas, que ‘explodem’ e dão origem à saída de sangue, em simultâneo com o suor.

Quando a azeitona está em sua última prensa, seu caroço explode e se mistura com o óleo. Nesse momento o óleo muda de cor, ganhando uma tonalidade mais avermelhada. Esse último óleo, de qualidade inferior, era usado para acender lamparinas e para a produção de sabonetes.

Jesus no Getsêmani literalmente foi esmagado e derramou a sua vida. O Senhor extraiu TUDO dele, até a última gota. Por conta disso toda a provisão foi liberada. Sua vida pode ter a luz de Cristo e você pode ser totalmente limpo dos seus erros e pecados.

Pergunta: A luz de Cristo está brilhando em sua vida e em sua casa? Você já está limpo dos seus erros e pecados?

 

CONCLUSÃO

 

O azeite era um dos produtos mais importantes para Israel, usado como base para tantas áreas da vida daquele povo: serviço sacerdotal, unção, alimento, medicamento, perfume, lâmpada, sabonete, etc.

Os discípulos, quando escreveram o novo testamento, entenderam claramente que Jesus, ao viver sua agonia no Getsêmani (lagar do azeite), estava se comparando ao processo feito ali. Os discípulos e estudiosos da Bíblia entendem com muita segurança que as três prensas do lagar foram representadas por Jesus em suas três orações de agonia.

Está muito claro que Jesus derramou sua vida ali. Assim como não há dúvidas sobre o que Deus quer nos dizer: Cristo é a fonte de tudo pra nós; tudo o que precisamos: luz, alimento, remédio, limpeza, etc. Tudo vem dele.

Destaco a frase: NÃO SEJA COMO EU QUERO. O processo de prensa é exatamente o de negar a própria vontade. Jesus literalmente derramou sua vida ali.

 

Pergunta: E você? Tem coragem de orar como ele?

Jesus foi o modelo de homem maduro e nos chamou para seguir os seus passos. Nos chamou para participar dos seus sofrimentos. Qual é a diferença entre maturidade e imaturidade? Imaturo é quem quer satisfazer suas vontades. Maduro é quem sabe negar uma vontade imediata para investir em algo superior.

As pessoas vão encontrar cura e salvação ao se encontrarem com os filhos maduros de Deus. A natureza e a sociedade encontrarão transformação quando os filhos maduros de Deus se levantarem. Os filhos imaturos estão lotando as igrejas, como se fossem playgrounds (só querem receber). Mas um grupo seleto de homens e mulheres têm se levantado para declarar a oração de Jesus: NÃO SEJA COMO EU QUERO! Esse grito ecoa do Getsêmani ao nosso coração.

 

APELO

 

Decida hoje entregar sua vida a Cristo, fazendo dele seu Senhor.

Decida hoje consagrar sua vida a Cristo, destronando o EU, caminhando para a maturidade e recolocando Jesus no lugar de seu Senhor.