Série - dezembro 09, 2022

Intimidade com Deus Célula • 17 a 22 de outubro

Intimidade com Deus Célula 17 a 22 de outubro

INTRODUÇÃO

Chegamos à última mensagem da nossa série, a Chave do Tesouro! Aprendemos muito sobre o temor do Senhor e hoje sabemos que ele nos dá acesso a um baú do tesouro maravilhoso, repleto de promessas de Deus. Guarde no coração cada uma dessas promessas e alinhe sua vida na direção do temor de Deus.

Cremos que essa série foi uma direção muito clara do Espírito Santo para a Central, pois o Senhor nos chamou para viver o ano do avivamento e tudo que temos aprendido sobre o temor representa um passo fundamental em nossas vidas para podermos experimentar o que Deus preparou para nós.

Você crê no avivamento que o Senhor nos desafia a viver? Então entenda que Ele está nos chamando a dar esse passo de fé, entendimento e obediência chamado temor do Senhor. Hoje vamos compreender como o temor nos aproxima da intimidade com Deus e como essa intimidade nos levará ao avivamento que buscamos.

QUEBRA-GELO

Vamos recapitular o que já vimos. Veja quem vai conseguir lembrar tudo o que aprendemos nessa série incrível. Peça aos presentes para responderem às perguntas:

• O que tem no baú do tesouro? Listem as principais promessas de Deus que aprendemos ao longo da série.

• Qual a chave que abre o baú do tesouro?

• Quais os cuidados e condições que a Bíblia nos mostra, para que possamos desfrutar dessas promessas?

O QUE É O TEMOR DO SENHOR

Após quase um mês conversando sobre esse tema crucial em nossa célula, e também em nossos cultos em todas as unidades da Central, todos nós temos condições de responder com mais clareza à pergunta abaixo:

Pergunta: O que é o temor do Senhor? Explique com as suas próprias palavras.

Antes de conceituar o temor, faz-se necessário destacar que temer não é ter medo de Deus ou ficar assustado com Ele. Se você tem medo de Deus, você sempre vai querer se afastar dele como Adão e Eva no jardim. Não é isso que Deus quer. Então o temor do Senhor não é ter medo de Deus.

Como você pode ter uma relação de intimidade com Deus, se você tem medo dele? Deus deseja tanto esse tipo de relacionamento conosco, pois Deus nos chamou para viver em comunhão íntima e profunda com Ele.

O temor do Senhor é:

• Um profundo e permanente respeito e reverência por Deus e por todas as coisas que ele declara santas.

• Dar ao Deus Altíssimo o mais elevado lugar de honra em sua vida.

• Honrar o que ele honra, amar o que ele ama, detestar o que ele detesta e fazer do interesse dele o nosso interesse.

• É uma disposição interna que produz medo e pavor diante da simples possibilidade de ofender a Deus. Essa atitude impossibilita o indivíduo de pecar persistentemente, e nem o menor pecado é visto de forma natural e aceitável.

•É submeter a nossa vontade para abraçar a dele completamente.

O temor do Senhor não é captado pela mente, mas gravado em nossos corações. Ele é revelado pelo Espírito Santo, é uma das manifestações do Espírito de Deus, e é derramado sobre o coração daqueles que o buscam sinceramente.

No meio de um mundo tão rebelde a Deus, e que despreza tanto a Sua Palavra, precisamos pedir ao Senhor que abra os nossos olhos para ver, os nossos ouvidos para ouvir, e o nosso coração para que possamos conhecer e entender o que Ele está nos dizendo.

Oração: Pare por um instante e desafie cada um dos presentes a orar pedindo a Deus que dê revelação, gravando nos corações o temor de Deus e uma disposição de buscar e obedecer ao Senhor.

O TEMOR DO SENHOR E A PRESENÇA DE DEUS

Pergunta: Imaginem que o governador do estado agendou uma visita à célula de vocês. Como vocês iriam se preparar para recebê-lo?

Se uma autoridade importante ou até mesmo um jogador de futebol famoso entrasse aqui, todos dariam muita atenção e estariam ouvindo com expectativa cada palavra que ele dissesse. Fariam vídeos e compartilhariam imediatamente com seus amigos dizendo “Veja quem está aqui, ouça o que ele disse!”

No entanto, quando oramos e lemos a Palavra de Deus há alguns instantes, vocês mal ouviram, porque lhe deram pouca atenção. Vocês acham que o Rei dos reis e Senhor dos senhores vai se manifestar em um lugar onde Ele não recebe a devida honra e reverência? Vocês acham que o Mestre de toda a criação vai falar quando a Sua Palavra não é respeitada o bastante para ser ouvida com atenção?

Muitas vezes quando entramos em uma reunião de célula ou no prédio de uma igreja, não sentimos a presença de Deus em momento algum. Nem no louvor, nem

1

na adoração, nem na pregação e nem durante a oferta. Há um motivo:

O Senhor não se manifesta onde Ele não é temido e reverenciado. Foi isso que Deus disse a Moisés:

“Aos que de mim se aproximam santo me mostrarei; à vista de todo o povo glorificado serei.” Levítico 10.3

Será que entendemos o que Deus requer daqueles que se aproximam Dele? Ele disse: “Mostrarei a minha santidade àqueles que se aproximarem de mim”. Isso é muito sério. O temor do Senhor é muito sério e muito precioso. Ele é o fundamento de sua vida; ele é a chave do tesouro.

A atmosfera espiritual é totalmente diferente num local onde Deus é temido, onde o respeito pelo Senhor é restaurado. Toda verdadeira adoração está ligada a uma reverência pela presença de Deus. Davi disse:

“Eu, porém, pelo teu grande amor, entrarei em tua casa; com temor me inclinarei para o teu santo templo.” Salmos 5:7.

“Temam o Senhor, vocês que são os seus santos, pois nada falta aos que o temem.” Salmos 34:9

Precisamos refletir sobre nossa atitude diante de Deus cada vez que nos reunimos em nossa célula. O Senhor nunca está onde não é temido e reverenciado. Por outro lado, o temor do Senhor abre o tesouro da Sua visitação e onde o Senhor é reverenciado, sua presença se manifesta – e onde a sua presença se manifesta as necessidades são supridas.

O TEMOR E A INTIMIDADE COM DEUS

Provérbios 1.7 diz:

“O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina”.

O temor do Senhor é a chave do conhecimento. Que conhecimento é esse? Conhecimento científico? Conhecimento matemático? Conhecimento para negócios? Há vários tipos de conhecimento, mas para que tipo de conhecimento o temor do Senhor é a chave? A resposta está em Provérbios 2.4,5:

“Se procurar a sabedoria como se procura a prata e buscá- la como quem busca um tesouro escondido, então você entenderá o que é temer ao Senhor e achará o conhecimento de Deus.” (Pv 2.4-5)

Esse conhecimento é o conhecimento de Deus, que significa (1) Conhecer a Deus intimamente; (2) Ter a mente de Cristo. Veja o que Davi disse no salmo 25.12-14:

“Quem é o homem que teme o Senhor? Ele o instruirá no caminho que deve seguir. Viverá em prosperidade, e os seus descendentes herdarão a terra. O Senhor confia os seus segredos aos que o temem, e os leva a conhecer a sua aliança.” (Sl 25.12-14)

Precisamos entender que a tão sonhada amizade, o relacionamento íntimo com Deus depende do temor do Senhor porque Deus só confia a sua intimidade e os seus segredos a homens e mulheres que temem a Ele. O

temor do Senhor é a chave que abre as portas para você desfrutar de intimidade com Deus.

Pergunta: Você consegue imaginar um privilégio maior do que ser íntimo de Deus? Se você pudesse perguntar um segredo a Deus, o que você perguntaria?

Quando somos íntimos de alguém convivemos tanto com essa pessoa a tal ponto de conseguir prever o que ela pensa e como ela reagiria em determinadas situações. Quanto mais convivemos com alguém, mais parecidos com essa pessoa nos tornamos.

Nesse sentido, o temor do Senhor é a chave para ter a mente de Cristo. Pelo temor de Deus passamos a conhecer o que Deus quer e a forma como Deus vê as coisas. Pelo temor do Senhor passamos a desfrutar de sua presença e cada vez mais somos moldados por essa convivência com o nosso Senhor.

Pergunta: Você tem convivido tão próximo de Deus a ponto de compreender como Ele pensa e a ponto de ser confundido com Ele?

CONCLUSÃO

O Senhor faz muitas promessas ao longo de toda a Bíblia e descobrimos que algumas das promessas mais impressionantes tem uma única chave capaz de abrir o baú do tesouro: essa chave é o temor do Senhor!

No encontro de hoje, conversamos sobre uma vida maravilhosa que Deus nos convida a viver ao lado dele. Deus promete que vai nos instruir em qual caminho devemos seguir, pois ele sabe todos os mistérios do universo e vai revelar segredos apenas aos que o temem. A estes vai revelar os seus segredos e também a sua aliança. Nessa mesma linha, Jesus afirma:

“Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele.” João 14:21

Quem teme a Deus, o obedece! Essa é uma verdadeira prova de fé e amor a Deus. E qual o efeito disso? Jesus promete se revelar, se fazer conhecido, se aproximar, caminhar junto em uma relação de intimidade.

Eu não consigo pensar em uma promessa mais importante do que ter intimidade e comunhão com Jesus. Decida hoje mesmo render-se diante de Deus, renunciando de todo orgulho e autossuficiência. Ore de todo o coração e permita que Deus mude a sua vida.

Oração: Senhor, me perdoe por andar distante de ti e por achar que sei o que é melhor para mim. Perdoe os meus pecados e me ajude a te conhecer cada dia mais. Entrego meu coração a Jesus e peço que alinhe minha vida à sua palavra e à sua vontade. Desenvolva em minha vida o temor do Senhor e me dê a chave do tesouro das promessas de Deus. Em nome de Jesus, amém!