Série - abril 11, 2021

Emoções equilibradas • 2 a 7 de novembro

INTRODUÇÃO

Prepare-se para essa série de lições que vai promover uma verdadeira desintoxicação na alma. A bíblia nos mostra que Deus deseja nos santificar de maneira integral – espírito, alma e corpo:

“Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que todo o espírito, alma e corpo de vocês seja conservado irrepreensível na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.” 1 Tessalonicenses 5:23

Essa transformação completa é crucial permitindo que Cristo seja o Senhor de todas as áreas das nossas vidas. Isso só será possível quando cada um de nós tiver coragem de abrir alguns cômodos da nossa existência permitindo Deus lançar luz a esses ambientes mais delicados do nosso ser.

Desafiamos cada presente a fazer uma ousada oração abrindo o coração para Deus revelar e tratar o que Ele considerar necessário por meio da série Detox na Alma. Peça a Deus para limpar as toxinas que têm adoecido você.

 

QUEBRA GELO

Crie condições para o pessoal da sua célula assistir à reportagem abaixo, seja transmitindo no momento da reunião, seja enviando o link antes do encontro de vocês, para cada um assistir separadamente. Após assistirem, conversem sobre as perguntas abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=z8XLpNxbBv0 – “Detox digital” começa a ganhar adeptos no mundo

  • Quantas horas ao dia você costuma gastar acessando redes sociais?
  • Você toparia fazer algum tipo de desafio de “Detox Digital”?

 

O SEGREDO DO CONTENTAMENTO

Na semana anterior conversamos sobre como o vazio em nossas almas pode ser perigoso nos levando a tomar decisões equivocadas e abrindo caminho para comportamentos compulsivos. Aprendemos que não podemos orientar nossa vida pelo que falta, mas devemos ser completos em Deus.

Na mesma linha, o apóstolo Paulo faz uma afirmação muito forte nos seguintes versos:

“Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece.” Filipenses 4:12,13

A maioria das pessoas está bem quando tudo vai bem e mal quando tudo vai mal. Ou seja, suas emoções são guiadas pelas circunstâncias. Parece lógico. Mas a vida emocional de um homem ou mulher de Deus não pode ser determinado pelo que acontece no contexto exterior, porque em Deus somos completos e interiormente sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam (Romanos 8: 28).

Pergunta: Qual efeito as circunstâncias externas geram nas suas emoções?

Vale a pena destacar uma frase no texto que lemos: ‘aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação’. O próprio texto mostra que não é algo automático e sim um segredo que precisa ser descoberto, uma arte de vida a ser desenvolvida.

É muito interessante notar que, quando estamos completos, ou seja, contentes em Deus, as circunstâncias da vida perdem o efeito sobre as nossas emoções. Vamos entender um pouco melhor como isso acontece.

 

 

 

  1. Porta de Entrada

No mesmo capítulo da carta aos Filipenses, podemos aprender sobre um princípio que chamamos aqui de ‘porta de entrada’:

“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.” Filipenses 4:8

Pergunta: O verso acima está falando sobre a porta que dá acesso a qual ambiente?

A Bíblia nos chama a refletir sobre o que tem ocupado nossos pensamentos, pois eles vão influenciar diretamente as nossas emoções. O seu ser interior é um ambiente (como uma sala) e tudo o que você deixar passar pela porta vai gerar um efeito em quem você é, o que você sente e o que você faz.

Então, se você quer cuidar das suas emoções, a primeira coisa que precisa aprender é escolher melhor o que entra pelas portas da sua alma. Fique atento aos seus olhos e aos seus ouvidos, escolha muito bem o que você vê e ouve, pois estas são as principais portas do seu ser interior.

Conversem sobre as perguntas abaixo e sobre como estes temas podem influenciar as nossas emoções:

  • O que ocupa os seus pensamentos na maior parte do dia?
  • Sobre quais assuntos você costuma conversar e pensar: no trabalho, em casa e no lazer?
  • Quanto tempo você gasta por dia recebendo (pelos olhos e ouvidos) conteúdos que vão fortalecer a sua fé (oração, leituras, pregações, músicas, conversas, etc.)?
  • Quais os principais conteúdos que você acessa na internet?
  • Sobre quais temas seus amigos e as celebridades (digital influencers) mais costumam postar em redes sociais?

 

  1. Porta de Saída

Além de nos apresentar uma porta de entrada e nos desafiar a escolher muito bem o que entra em nossa alma, Paulo também nos apresenta uma ‘porta de saída’:

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.” Filipenses 4:6,7

Pergunta: Quais são as emoções e sentimentos mais difíceis para você lidar?

Deus nos fez seres providos de emoções. Se você sente é sinal que está vivo. Muitos conhecem a expressão: ‘um pássaro pode até sobrevoar a sua cabeça, mas não deixe que ele faça um ninho’. É sobre isso que Paulo está falando: ‘não andem ansiosos’, ou seja, em alguns momentos é normal sentir ansiedade (ou outras emoções), mas não permita que emoções nocivas construam um ninho em sua cabeça.

Experiências difíceis, traumas, pressões, frustrações, contextos de incerteza, conflitos e muitas outras situações complexas fazem parte da vida. E quando vivemos experiências como essas, com certeza nossas emoções vão reagir.

O que precisamos lembrar, como dissemos acima, que o nosso ser interior é como um ambiente: se a gente permitir que essas emoções nocivas permaneçam dentro de nós, elas se tornaram como uma toxina. Então elas precisam sair.

Mas se a gente escolher eliminar essas emoções perigosas da maneira errada, vamos acabar nos machucando e também ferindo as pessoas à nossa volta.

Pergunta: Suas emoções nocivas costumam ficar alojadas dentro de você ou são eliminadas? Você tem eliminado suas emoções tóxicas da maneira correta ou sente que tem cometido erros?

Veja os principais resultados quando guardamos emoções tóxicas ou quando tentamos eliminar da maneira errada: vícios, mentiras, explosões e agressividade, criticar tudo e todos, autocomiseração, negação, fuga, amargura, estafa, conflitos, etc.

A melhor maneira de colocar para fora as nossas emoções tóxicas é por meio das ‘orações e súplicas, com ações de graças’. Quando ‘apresentamos nossos pedidos a Deus’ e aprendemos a nos conectar a Deus dessa forma, constantemente, não deixaremos essas toxinas fazerem ninhos dentro de nós. O resultado é que teremos nossos corações guardados pela ‘paz de Deus, que excede todo entendimento’.

Entretanto, não adianta fazermos orações repetitivas ou automáticas. Devemos entrar na presença de Deus com fé e literalmente derramar nosso coração. Falar com Deus com o máximo de sinceridade, apresentando nossos sentimentos, nossos erros e nossos medos, com toda intensidade e verdade.

 

MOMENTO DE ORAÇÃO

Para colocar em prática tudo o que conversamos, teremos agora um momento de oração. Desafie os presentes a compartilharem sobre alguma emoção tóxica que pode estar guardada ou sobre uma maneira errada que alguém tem utilizado como porta de saída.

“Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz.” Tiago 5:16

Separe um tempo significativo da reunião para confessarem e orarem uns pelos outros. Lembrem-se de orar da maneira mais sincera possível.

 

BOX EU+1

Você está indo muito bem e já estamos na terceira semana do nosso BOX!

Na primeira semana retomamos os cartões do EU+1 no site da central.online/eumaisum. Preenchemos nossos cartões com nomes de pessoas com as quais nos importamos e queremos compartilhar o amor de Jesus. Desde a primeira semana temos orado por essas pessoas.

Na semana passada entramos em contato com essas pessoas, por meio de uma mensagem ou ligação. O desafio dessa semana é entrar em contato com essas pessoas novamente. Mandar uma mensagem, dar continuidade a algum assunto, manter a conversa ativa.

Lembre-se de regar sua abordagem com muita oração! Se Deus te der uma palavra ou direção específica, aproveite a oportunidade para compartilhar um versículo ou oração com essas pessoas. Na última semana de novembro teremos nosso “Dia do Amigo”.